• Bhalai - Conteúdo

Feng Shui - O que é e como aplicá-lo


Feng Shui: equilíbrio dentro de casa
Feng Shui: equilíbrio dentro de casa

As palavras chinesas "feng" e "shui" significam "vento" e "água", respectivamente. Este conceito derivou de um antigo poema que fala sobre a vida humana sendo conectada e fluindo com o ambiente ao seu redor.


O que é Feng Shui?


A filosofia do feng shui é a prática de organizar as peças em espaços de convivência de forma a criar equilíbrio com o mundo natural. O objetivo é aproveitar as forças de energia e estabelecer harmonia entre um indivíduo e seu ambiente.


Na cultura asiática, esta filosofia é chamada de Tao, que significa "o caminho". Taoísmo é o caminho da natureza e todos os princípios básicos do feng shui refletem a natureza. Os princípios essenciais do feng shui são: a posição de comando, o bagua e os cinco elementos.


A posição de comando


A posição de comando é o ponto em uma sala que está mais longe da porta e não em linha direta com ela. Isso a coloca na diagonal em relação à porta. Idealmente, você deve ter uma linha de visão desimpedida para a porta.


A posição de comando é onde você deseja passar a maior parte do tempo quando estiver naquela sala. As diretrizes do feng shui sugerem que você determine essa posição dominante na sala e, em seguida, coloque a cama, a mesa, ou o fogão em alinhamento diagonal, se possível.


Essas três partes de sua casa são essenciais, pois cada uma representa uma parte essencial de sua vida. A cama representa você, a escrivaninha é uma extensão de sua carreira, e o fogão representa sua riqueza e alimento.


O mapa do Feng Shui (Bagua)


Um bagua é o mapa de energia do feng shui sobreposto à planta baixa de sua casa. A palavra chinesa "bagua" significa "oito áreas". Cada uma das oito áreas está relacionada a uma circunstância de vida diferente, como família, riqueza ou carreira. E, cada uma dessas áreas tem formas, cores, estações, números e elementos terrenos correspondentes. No centro do bagua - uma nona área - está você, representando sua saúde e bem-estar geral.


Bagua do Feng Shui
Bagua do Feng Shui

O bagua, ou mapa de energia, é uma grade octogonal que contém os símbolos do I Ching, o antigo oráculo no qual o feng shui se baseia. A bússola, ou Luo-Pan, é usada para acessar as informações mais profundas de um edifício. Consiste em faixas de anéis concêntricos dispostos em torno da agulha magnética.


Existem várias escolas de pensamento do feng shui. Todas eles usam baguas para analisar sua casa. Entretanto, algumas podem aplicar o bagua de maneiras diferentes. As escolas Western e BTB (Black Sect) geralmente estabelecem o bagua de modo que as áreas de conhecimento, carreira, e pessoas úteis se alinhem com a porta da frente da casa.


As estrelas voadoras e outras escolas clássicas podem orientar o bagua com base na energia do ano ou na bússola.


As áreas de Bagua


A maneira mais fácil de incorporar o bagua em sua vida é identificar de uma a três áreas que precisam de mais atenção. Não tente trabalhar em todas as áreas ao mesmo tempo.


Para fortalecer sua energia ou melhorar o fluxo nessas áreas, incorpore sugestões do feng shui nessa área específica. Por exemplo, se você deseja estimular a fertilidade, você pode adicionar uma mesa circular metálica na parte de sua casa representando as crianças.


1. Família (Zhen)


Representando: Família, novos começos

Forma: colunar, retangular

Cores: verde, azul, azul-petróleo

Temporada: primavera

Número: 4

Elemento: madeira (Yang)


2. Riqueza (Xun)


Representando: Riqueza, abundância, prosperidade

Forma: colunar, retangular

Cores: Roxo

Temporada: primavera

Número: 5

Elemento: madeira (Yin)


3. Saúde (Tai Qi)


Representando: saúde, bem-estar geral, o centro

Forma: plana, quadrada

Cores: marrom, laranja, amarelo

Temporada: Transições entre as estações

Número: 5

Elemento: Terra


4. Pessoas Úteis (Qian)


Representando: pessoas úteis, benfeitores, viagens

Forma: circular, esférica

Cores: cinza, metálicos

Temporada: outono

Número: 6

Elemento: metal (Yang)


5. Crianças (Dui)


Representando: Crianças, conclusão, alegria

Forma: circular, esférica

Cores: Branco, Metálicos

Temporada: outono

Número: 7

Elemento: metal (Yin)


6. Conhecimento (Gen)


Representando: Conhecimento, autocultivo, habilidade

Forma: plana, quadrada

Cores: azul escuro

Temporada: Transições entre as estações

Número: 8

Elemento: Terra (Yang)


7. Fama (Li)


Representando: Fama, reputação, paixão, visibilidade

Forma: Triângulo, pontiagudo

Cores: Vermelho

Temporada: verão

Número: 9

Elemento: Fogo


8. Carreira (Kan)


Representando: carreira, caminho de vida

Forma: ondulada, curvilínea

Cores: Preto

Temporada: inverno

Número: 1

Elemento: Água


9. Parcerias (Kun)


Representando: parcerias, casamento, autocuidado

Forma: plana, quadrada

Cores: Rosa

Temporada: Transições entre as estações

Número: 2

Elemento: terra (Yin)


Os Cinco Elementos


Os cinco elementos - terra, metal, água, madeira e fogo - vêm da tradição taoísta. Os elementos são cinco fases inter-relacionadas na vida que trabalham juntas para criar um sistema completo. Normalmente, a prática do feng shui trabalha para equilibrar essas cinco facetas em sua casa e em cada uma das áreas de sua vida ou bagua.


Para incorporar os elementos em sua vida e em sua casa, você deve definir onde deseja concentrar sua energia. Assim como o bagua, você escolhe de uma a três áreas de sua vida que deseja melhorar. Em seguida, você fortalece sua energia e a energia de sua casa, adicionando as cores ou formas sugeridas naquela sala.


Por exemplo, seu bagua mostra que seu quarto está alinhado com sua saúde, bem-estar geral e com o lugar onde você rejuvenesce. Ele se liga ao elemento terra. Considere maneiras de incorporar tons de terra, cerâmica ou argila, pedras ou cristais naquela sala.


Depois de fazer as melhorias lá, concentre-se em alguns outros cômodos ou áreas de sua vida. Olhe para os elementos correspondentes nessas salas e receba essa mudança positiva em sua vida adicionando esses elementos. A intenção é levar energia positiva para essas salas, essas áreas da sua vida e, por fim, para toda a sua casa.


1. Terra


Qualidades: fundamentada, autocuidado, estável

Forma: plana, quadrada

Cores: marrom, laranja, amarelo

Temporada: Transições entre as estações

Áreas: Saúde, conhecimento, parcerias


2. Metal


Qualidades: eficiente, preciso, beleza

Forma: circular, esférica

Cores: Branco, Metálicos

Temporada: outono

Áreas: pessoas úteis, crianças


3. Água


Qualidades: para baixo, fluindo, mudando

Forma: ondulada, curvilínea

Cores: Preto

Temporada: inverno

Área: Carreira


4. Madeira


Qualidades: Expansivo, vitalidade, ascendente

Forma: colunar, retangular

Cores: verde, azul

Temporada: primavera

Áreas: Família, riqueza


5. Fogo


Qualidades: Paixão, iluminador, brilhante

Forma: Triângulo, pontiagudo

Cores: Vermelho

Temporada: verão

Área: Fama


Feng Shui: uma arte milenar que equilibra o chi de sua casa



Feng Shui
Feng Shui

Quando as pessoas falam feng shui e tentam ter certeza de que sua casa tem o equilíbrio ou chi certo, sabemos realmente o que isso significa? Feng shui é uma arte e ciência ancestrais que foi desenvolvida há mais de 3.000 anos na China. Como vimos, a tradução literal de “feng” significa vento e “shui” significa água. Na cultura chinesa, o vento e a água estão associados à boa saúde.


Assim, feng shui passou a significar boa sorte. Com base na visão taoísta e na compreensão da natureza, a ideia de que a terra está viva e cheia de energia é chamada de Chi.


O Feng shui é essencialmente a interação dos humanos e seus ambientes. Ele permite que você influencie essas energias em interação para alcançar melhorias específicas na vida. Essa influência é obtida posicionando ou projetando o ambiente em harmonia com os princípios do fluxo natural de energia.


O feng shui revela como equilibrar as energias de qualquer espaço para garantir saúde e boa sorte para quem o habita. Esses sistemas de leis de organização e orientação espacial são levados em consideração quando as pessoas estão projetando edifícios, colocando móveis e bens e até mesmo corpos. Ele oferece uma maneira única de olhar para esses elementos e proporciona equilíbrio, conforto e harmonia ao seu ambiente.


Depois de dominar os fundamentos do feng shui, você começará a ver resultados poderosos e entender por que o feng shui é usado em residências e escritórios em todo o mundo.


Feng shui não é apenas uma palavra da moda para designers de interiores e agentes imobiliários: é uma filosofia chinesa antiga que ajuda as pessoas a encontrar o equilíbrio na maneira como vivem suas vidas, harmonizando seus espaços de vida com a natureza por meio do design espacial.


A chave do Feng shui é o chi, ou a energia que conecta todas as coisas vivas. Por meio da implementação de princípios de design específicos que promovem a auspiciosidade, o feng shui permite que sua energia flua desinibida pela casa, melhorando sua qualidade de vida geral.


A história do feng shui


Nos últimos 30 anos, o conceito de feng shui tem adquirido seguidores leais no mundo do design de interiores ocidental, mas a filosofia do design tem suas raízes na China antiga.


A filosofia se originou na astrologia, com culturas antigas projetando parcelas de sepultamento para se alinhar com objetos celestes como estrelas. Durante milênios, os praticantes refinaram a filosofia, eventualmente expandindo-a para o planejamento urbano e, em seguida, condensando-a na própria casa. Já o nome feng shui deriva de um antigo poema sobre a conexão da vida humana com o meio ambiente.


Princípios básicos do feng shui


Para permitir que o chi flua sem esforço pela sua casa, o feng shui tem uma série de princípios a seguir, desde ditar os lugares precisos para colocar sua mobília (nunca coloque uma cama debaixo de uma janela!), até estipular a cor para pintar sua frente porta (depende da direção cardinal que está voltada). Embora diferentes escolas de feng shui ofereçam muitas variações desses princípios, aqui estão vários pontos em comum que formam a base da filosofia.


Embora cada um dos cinco elementos possa ser interpretado literalmente em termos de incorporação na casa (ou seja, móveis de madeira para lareira), eles também correspondem a certas emoções, cores, formas e áreas no mapa bagua. Em última análise, você deve usar o design de interiores para equilibrar todos os cinco elementos para o melhor fluxo de chi, ajustando de acordo com suas necessidades conforme elas mudam ao longo da vida.


Yin e yang


Assim como visto no Tai Chi Chuan e no I Ching, a filosofia do yin e do yang permeia muitos campos de estudo chineses antigos, desde as artes marciais até a medicina e o feng shui. É um conceito de dualidade, demonstrando que forças opostas estão interconectadas e trabalham em conjunto para criar harmonia: yin é uma energia passiva e suave, enquanto yang é uma energia agressiva e ousada.


No que se refere ao design de interiores, você vai querer um equilíbrio de ambos os tipos de energias, com a energia yin em espaços calmos e relaxantes (como seu quarto ou banheiro) e a energia yang em seus espaços mais sociais e produtivos (como sua cozinha ou escritório em casa).


Como faço para incorporar o Feng Shui em minha casa?


O Feng Shui é uma tradição complexa, com vários componentes que requerem um pouco de estudo para serem interpretados plenamente. Embora você certamente possa dar os primeiros passos no mundo do feng shui por conta própria, muitas pessoas acham útil consultar especialistas em feng shui para realmente renovar seu espaço.

26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo